Notícias

Em breve, fanáticos por mídias sociais poderão ‘morar’ na Cidade Facebook.

O Facebook parece estar mais próximo de realizar o sonho daqueles que dizem ser viciados na rede social a ponto de não conseguir ficar longe da página. A companhia comprou mais de 200 acres (pouco mais de 0,80 quilômetro quadrado) no Vale do Silício, na Califórnia, onde, no futuro, poderá existir a "Cidade Facebook". Segundo a revista especializada Silicon Valley Business Journal, o Facebook "acredita que você não tem apenas que construir um campus corporativo, ele precisa ser integrado à comunidade". Aparentemente, ainda não foram divulgados planos oficiais e a companhia pode não se mudar para o lugar nos próximos anos, mas o Facebook planeja construir a cidade. A empresa já possui terras próximo à cidade de Menlo Park, na Califórnia, e é a maior empregadora da região há anos. Mais de um quarto dos moradores locais trabalham no Facebook. "Esta compra é um investimento em nosso futuro e no futuro de Menlo Park. Ser um bom vizinho é extremamente importante para nós", disse um porta-voz do Facebook à BBC. "Queremos continuar nosso diálogo com a cidade e com os líderes comunitários a respeito das prioridades locais no futuro próximo", acrescentou o porta-voz.

Nada de novo.

Ainda é muito cedo para afirmar o que exatamente o Facebook pode vir a fazer com a área comprada e se o projeto de construir uma cidade onde os funcionários do Facebook e moradores da cidade possam viver mais perto da sede da empresa, vai progredir. Mas, construir cidades para funcionários de uma empresa não é novidade. Apenas para citar exemplos ingleses: em Wirral, no noroeste da Inglaterra, uma fábrica de sabão construiu a cidade de Port Sunlight. E, Bournville, em Birmingham, foi construída para uma fábrica de chocolate. O Facebook e outras companhias ligadas à tecnologia foram responsabilizados pelo aumento no preço dos imóveis da região, tornando difícil para os antigos moradores comprarem suas casas. O plano de construir uma Cidade do Facebook pode ser visto como uma forma de a companhia oferecer uma forma de retorno para a comunidade.
Fonte: r7