Notícias

Facebook lança plugin que permite integrar bots do Messenger a sites

O Facebook está, mais uma vez, expandindo suas tecnologias para além dos próprios domínios. A rede social lançou nesta semana um plugin que permite a marcas e empresas colocarem janelas de chat do Messenger em seus sites, permitindo que os usuários conversem com os bots de atendimento de forma direta para obterem informações ou detalhes sobre produtos ou serviços.
A novidade foi anunciada por Stan Chudnovsky, gerente de produtos do Messenger, em um evento na capital de Portugal, Lisboa. Na ocasião, ele afirmou que a novidade é uma das tantas mudanças que estarão disponíveis na vindoura atualização 2.2 do mensageiro, que amplia o foco nas ferramentas de negócios e atendimento ao cliente.
Aos moldes de sistemas de atendimento eletrônico por chat, já existentes em muitas páginas, uma janela pode aparecer na parte inferior de um site, convidando o usuário a abrir a janela de bate-papo. No caso dos dispositivos móveis, a conversa acontecerá no próprio aplicativo do Messenger, enquanto, no desktop, ela pode acontecer sobre o próprio site.
A novidade já está nas mãos de parceiros de desenvolvimento e também marcas próximas do Facebook, que já haviam sido as primeiras, também, a testarem os bots em sua introdução inicial. Uma das primeiras iniciativas, agora, envolve companhias aéreas como KLM, Air France e Volaris, que estudam um sistema de suporte mais simples por meio da ferramenta, facilitando, por exemplo, a troca de voo ou o acesso a um representante humano.
De acordo com Chudnovsky, os bots associados a sites podem reter as mesmas funções de sua contraparte no Messenger, ou então, receberem programações adicionais. É o caso, por exemplo, da prestação de informações ou serviços nos horários em que um negócio está fechado ou a busca por códigos de rastreamento ou dados de entrega a partir das informações de login do usuário.
Além disso, a novidade faz uso do Handover Protocol, que permite às páginas no Facebook separarem aplicativos para diferentes situações. Assim, por exemplo, as marcas podem ter um bot específico para acesso por meio da rede social, outro para usos específicos em seus websites e um terceiro utilizado apenas para envio de mensagens aos seguidores. Essa possibilidade também está em fase de testes junto aos parceiros.
A atualização 2.2 para o Facebook Messenger ainda não tem data prevista para lançamento, mas a ideia é que ela seja liberada para todos até o final deste ano, juntamente com a abertura geral dos bots para sites.

 

Fonte: terra