Notícias

iPhone 2020: como seria o smartphone Apple do ano que vem?

O mundo dos smartphones exercita no consumidor o dom da previsão para adivinhar não quando, mas como será o próximo lançamento. Não satisfeitos em somar todos os detalhes vazados sobre o iPhone 11, que será lançado provavelmente em setembro, os designers Ben Geskin e Aziz Ghaus resolveram olhar bem à frente e tornar virtualmente real aquilo que muitos ainda nem pararam para imaginar como será: o iPhone 2020.

Segundo eles, o modelo seria baseado no iPhone 11, mas não um modelo a seguir, e sim altamente atualizado. Para Geskin, ele se parecerá com um iPad Pro, com linhas mais retas, não arredondado como os atuais iPhones, o que seria muito natural, já que a Apple está pensando em trocar a tecnologia de tela dos aparelhos no ano que vem, combinando a tecnologia ProMotion que atualiza a tela a 120 Hz da linha iPad Pro com as telas OLED dos iPhones mais recentes.

Adeus ao conector Lightning

Enquanto o iPhone 11 teria três lentes no módulo traseiro, a dupla de designers pensou em um aparelho com quatro lentes capazes de registrar imagens com maior resolução. O entalhe manteria sua forma, porém seria menor e sem Face ID; em compensação, traria um sensor ToF para reconhecimento facial.

O iPhone 2020 seria 5G, para fazer valer o US$ 1 bilhão que a Apple gastou comprando a divisão de modens da Intel. E, para a alegria de muitos, não traria porta para conector Lightning, revivendo o bom e velho conector Jack. Para os amantes do wireless, o iPhone 2020 contaria, ainda, com carregamento sem fio.

Fonte: tecmundo