Notícias

Mark Zuckerberg pretende tirar dois meses de licença paternidade.

Em um post na rede social da qual é fundador, Mark Zuckerberg, também presidente do Facebook, anunciou que pretende usufruir de sua licença paternidade por dois meses após o nascimento da primeira filha. "Os benefícios são maiores para as crianças e famílias", disse. Todos os funcionários do Facebook nos Estados Unidos têm direito a até quatro meses de licença remunerada na ocasião do nascimento de um filho, tanto para o pai quanto para a mãe. De acordo com Zuckerberg, sua decisão de aproveitar metade desse tempo ao lado da esposa, Priscilla Chan, foi "muito pessoal". Outras empresas de tecnologia adotam práticas semelhantes nos Estados Unidos, como a Adobe, Microsoft e Yahoo. Já a Netflix oferece até um ano de licença para pais e mães, embora apenas funcionários do serviço de streaming tenham direito ao benefício. Os que atuam no serviço de aluguel de DVDs físicos, que ainda é mantido no país, não têm o mesmo direito.
Fonte: olhardigital