Notícias

Polícia do Reino Unido vai usar drones para monitorar ruas.

Nascidos com propósito militar, os drones farão parte do dia a dia de britânicos para atuar no combate ao crime. A polícia do Reino Unido anunciou nesta quinta-feira (26) um programa de renovação tecnológica de seus sistemas que incluirá o uso dos veículos aéreos não tripulados (vants) para obter imagens de incidentes com maior agilidade. “O novo modelo não somente sobre sobrepor a tecnologia de vídeo acima do sistema atual de justiça criminal – é sobre redesenhar o jeito que nós trabalhamos localmente e usamos a tecnologia de vídeo para melhorar esse processo. Por último, isso irá garantir que vítimas vulneráveis e testemunhas tenham melhor cuidado”, afirmou Nick Sloan, detetive superintendente da Política de Sussex, região ao leste da Inglaterra.

Ação conjunta.

A proposta de uso dos drones foi feita em conjunto com a polícia de outra região, a da vizinha Surrey. A aquisição de cinco desses veículos aéreos custará 250 mil libras (cerca de US$ 372 mil).
Os agentes ainda elaborarão a melhor forma de empregar os vants no policiamento. O plano é criar ainda um programa de treinamento de campo para os agentes. O uso dos vants vai ao encontro do objetivo da divisão de polícia de aumentar a utilização de imagens e vídeos. Nesse sentido, os drones podem ajudar a captar evidências aéreas em casos de desaparecimentos ou de acidentes de trânsito. As polícias das duas regiões já testaram o uso de drones antes para monitorar o aeroporto de Gatwick em março de 2014. A conclusão foi de que, em alguns casos, os aparelhos eram mais rápidos, seguros e baratos do que enviar oficiais de campo. Ao todo, o conjunto de ações custará 2 milhões de libras (o equivalente a US$ 2,9 milhões) durante dois anos. Os recursos são provenientes do Fundo de Inovação da Polícia.
Fonte: g1