Notícias

Por que o Google agora tem cinco aplicativos de mensagens?

O Google agora tem cinco aplicativos de mensagens, e a situação está bem confusa. Depois do Google I/O, foram revelados dois novos apps: o Allo e o Duo; cada um com uma funcionalidade específica. Além disso, antes do evento também foi revelado o aplicativo Spaces, que também funciona para a troca de mensagens.

Soma-se aos novos aplicativos o convencional Hangouts, que tem vários propósitos e o Messenger, dedicado ao envio de mensagens SMS. E não estamos contando com o serviço de mensagens do YouTube, que ainda não foi oficialmente anunciado, mas que está em fase de testes.

Para que tantos aplicativos? Acontece que, em vez de criar um super-app que contemple todas as funções, cada um deles tem uma função específica. Parte da explicação para isso é uma estratégia de longa data do Google de bombardear o público com novos serviços para ver o que “cola”. A empresa tem dinheiro o bastante para bancar projetos experimentais, o que viabiliza uma estratégia agressiva como essa.

Mas então, quais são os propósitos a que se destinam cada um dos aplicativos? Vamos ver:

Hangouts: uso geral. Tem chamadas em vídeo, voz, texto e até mesmo função de VoIP, permitindo usar o app para ligar para números de telefone ao redor do mundo, como o Skype. Seu uso é um pouco mais profissional, sem tantas firulas estéticas como stickers, tão marcantes do Facebook Messenger.
Allo: um aplicativo que se aproxima mais do Facebook Messenger para troca de mensagens de texto pela internet, trazendo também stickers e as firulas estéticas que faltam no Hangouts, na tentativa de torná-lo mais atraente ao usuário comum. O diferencial dele é o fato de um assistente virtual analisar todas as mensagens, permitindo a criação de respostas automáticas rápidas personalizadas, e a realização de tarefas diretamente no app, como reservar uma mesa em um restaurante, por exemplo.
Duo: voltado para as chamadas em vídeo. O principal destaque é uma função chamada Knock-Knock, que permite que a pessoa que está recebendo a chamada veja ao vivo quem está efetuando a chamada antes mesmo de decidir se gostaria ou não de atendê-la. Também é voltado para o público em geral.
Google Messenger: voltado para as mensagens SMS. O aplicativo é bem simples, e substitui o aplicativo padrão de SMS do Android.
Spaces: um conceito um pouco diferente, voltado para as conversas em grupo. Permite a criação de “espaços” que são tópicos diferentes dentro da mesma comunidade, o que possibilita a divisão da conversa em temas específicos. A ideia é evitar o caos normalmente causado em grupos grandes de conversa, em que cada pessoa está comentando um assunto diferente.
Com tantos aplicativos, é praticamente certo que alguns deles serão fracassos retumbantes, enquanto outros podem atrair um público. Uma estratégia provavelmente mais adequada seria unir todas essas funções interessantes em um único serviço. Qual é a justificativa de Allo e Duo serem duas coisas distintas?

No meio disso, o Hangouts parece ser o elo mais fraco, justamente por ter quase todas as funções que os outros têm e ser o serviço mais antigo. Se o Google está dividindo seus recursos entre vários aplicativos, por que manter um que faz tudo que os outros fazem?

Contudo, a empresa jura que não tem planos de descontinuar nenhum serviço, e o Hangouts continuará coexistindo com os concorrentes que o próprio Google criou para ele.

Fonte: Olhar Digital