Notícias

5 dicas para você usar melhor o LinkedIn.

Não é segredo que a principal função das redes sociais é conectar as pessoas. Para quem está buscando estreitar relações profissionais e criar mais conexões nessa área, o melhor lugar para fazer isso é no LinkedIn. Mas, antes de sair por aí adicionando todo mundo na sua rede social, é preciso saber se comportar na plataforma.

Selecione suas postagens

Apesar de ser uma rede social e incentivar os usuários a compartilharem conteúdo com seu círculo de contatos, nem tudo deve ser compartilhado na rede social. Deixe as fotos de suas refeições para o Instagram, as declarações de amor para o Facebook e as hashtags para o Twitter. Foque em posts que tenham a ver com o seu trabalho ou com a sua área profissional.

Poucos amigos, muitos contatos

Ao criar uma conta no LinkedIn, é provável que o site te indique diversas pessoas que você conhece para que você possa adicioná-las na rede social. Prefira adicionar apenas pessoas com quem você tem, teve ou almeja ter alguma relação profissional. Isso ajudará você a manter seu perfil mais organizado e seu feed com mais postagens que possam lhe interessar.

Currículo digital

Tenha em mente que o seu LinkedIn também é o seu currículo. Diversas empresas buscam pelos perfis digitais dos candidatos que desejam contratar e há uma grande quantidade de recrutadores navegando na plataforma. Preencha suas informações de forma séria, escolha uma foto com cuidado e revise tudo o que digitar para encontrar erros de digitação.

Faça bom uso dos recursos

Assim como qualquer rede social, o LinkedIn também tem seus recursos próprios e que merecem atenção. Recomende ex-colegas por atribuições que eles dominam e, se quiser, peça para que pessoas com quem você trabalhou anteriormente façam recomendações no seu perfil. É importante que você seja honesto em suas avaliações.

Busque por vagas

É sabido que no Brasil o LinkedIn ainda não é uma rede social de grande alcance e ainda está longe de ser a principal porta de entrada para o mercado de trabalho. Mesmo assim, vale a pena buscar por vagas de emprego na rede social. Mas antes de se cadastrar em alguma vaga, certifique-se de que o seu perfil está atualizado.

Fonte: Olhar digital