Notícias

PC mais potente já feito pela Apple ganha data de lançamento e preço

Em junho, a Apple anunciou que lançaria uma versão nova e mais potente dos seus computadores de mesa iMac ainda em 2017. E a empresa cumpriu a promessa: recentemente, ela atualizou o seu site estadunidense informando que os novos PCs começarão a ser vendidos a partir do dia 14 de dezembro.

 

Os iMacs Pro serão os computadores mais potentes já lançados pela empresa até hoje. Eles são voltados para estações de trabalho profissional de design, edição de vídeo, criação de experiências em realidade virtual e outras tarefas exigentes. Para isso, terão componentes de alta performance como processadores Xeon da Intel e placas de vídeo da linha Vega, da AMD.

 

Configurações

 

 

 

De acordo com a Apple, os nvoos computadores virão com processadores de oito, dez ou 18 núcleos com frequência turbo de até 4,5 GHz , e de 32 GB a 128 GB de RAM DDR4 a 2666 MHz de frequência. Em termos de armazenamento, os PCs terão SSDs de 1 TB, com opções de expansão para 2 TB ou 4 TB. Suas placas de vídeo serão a Radeon Pro Vega 56, com 8 GB de memória HMB2, ou a Radeon Pro Vega 64, com 16 GB de memória HMB2.

A tela dos computadores tem 27 polegadas e resolução 5K (5120 por 2880 pixels), e pode ser conectado a dois outros displays de mesma resolução, ou a quatro outros displays 4K. Ainda no monitor, há também uma câmera Full HD, quatro portas Thunderbolt, quatro portas USB 3, um leitor de cartões SDXC, um conector Ethernet e, diferente dos últimos iPhones, uma entrada para fone de ouvido.

 

Preço

 

Toda essa potência, no entanto, deve sair muito caro. De acordo com o The Verge, a configuração mais simples do iMac Pro (Processador de 8 núcleos, placa de víde Radeon Pro Vega 56, 1 TB de SSD e 32 GB de RAM) custará US$ 5.000 - o que equivale a R$ 16.500 na conversão direta, mas que provavelmente chegará por aqui custando bem mais do que isso. Afinal, o iMac mais simples com tela de 27 polegadas lançado em 2013 está custando R$ 13.900 no site brasileiro da Apple.

 

Segundo o site, alguns YouTubers já tiveram acesso à nova máquina. As primeiras impressões deles são de que a máquina realmente é muito rápida. No entanto, eles se questionaram se ela seria útil o suficiente para que profissionais deixassem de lado o sistema Windows por ela. Afinal, é possível comprar PCs mais potentes com o sistema da Microsoft por esse mesmo preço.

 

Não deve levar muito tempo, porém, para que o iMac Pro perca o posto de PC mais caro já feito pela Apple. A empresa disse também que pretende lançar novas versões do Mac Pro, seu PC sem monitor. Atualmente, as versões antigas do Mac Pro custam a partir de R$ 23.500 no site da Apple.

Fonte: Olhardigital