Notícias

Perfume francês imita cheiro de pessoas queridas mortas.

O ser humano sempre encontra maneiras de relembrar as pessoas amadas, seja com fotografias ou outros objetos. Na França não é diferente. Porém, pesquisadores da Universidade de La Havre foram um pouco mais mórbidos. Eles fizeram um perfume a partir do cheiro deixado por entes queridos mortos em roupas, travesseiros e outros itens. Quem teve a ideia foi Katia Apalateguis, uma vendedora de seguros. Ela perdeu o marido há sete anos e estava procurando uma maneira de armazenar para sempre o cheiro que ele deixou no travesseiro. Após anos de pesquisa, ela encontrou os cientistas da Universidade de La Havre, que criaram uma técnica para reproduzir o odor humano. O processo é simples: eles retiram o cheiro das roupas e objetos dos indivíduos que faleceram. O odor capturado, que representa várias moléculas, é destilado quimicamente. Depois de quatro horas, o perfume está pronto para ser utilizado. Katia e seu filho pretendem começar a venda do produto em setembro de 2015 com a ajuda de um químico. Eles esperam que, no futuro, consigam criar uma fragrância a partir do cheiro de pessoas vivas. De acordo com Katia, o perfume vai custar cerca de 600 euros.

Fonte: exame